Alecrim

Alecrim do gênero Romarinus, e de nome científico Rosmarinus officinalis. É um arbusto perene. Em Portugal, conhecemos esta beleza por Alecrim.

De origem mediterrânea, esta beleza adora sol pleno, espaços arejados bem como o solo em que é plantada. Pois está habituada a terras pobres em nutrientes e rochosas. É uma planta sobrevivente, pois desenvolveu capacidades ao longo da sua existência de lidar com geadas, salinidade, seca, frio e calor do Mediterrâneo.

Ou seja, se ela se desenvolveu para resistir a tanta coisa diferente, acham que é um humano que irá conseguir matar um Alecrim?
Só se desejar mesmo, e isso é outra coisa!

Coisa que em nossa casa não irá acontecer, iremos fornecer a esta plantinha um solo arejado, mas com todos os nutrientes necessários e suficientes para seu maior conforto. Plantas confortáveis são plantas felizes e consequentemente os habitantes que com ela habitam.

Bem, seguindo caminho. Relativamente à rega, esta miúda prefere solos secos do que solos encharcados. Ou seja, as suas regas deverão ser poucas ou nenhumas (brincadeira), façam sempre o teste de enfiar o dedinho da terra, se tiver mesmo, mesmo, mesmo, mesmo seca, então aí sim reguem-na (mas sem encharcar).

Uma coisa muito louca do Alecrim é que quanto mais sol apanhar mais forte irá ser o seu aroma. Tem a sua floração a iniciar em janeiro e indo até maio, flores ADORADAS pelas nossas lindas e elegantes abelhas e que dão cá um mel de chorar por mais.

Como é que ela nos ajuda em casa, perguntam vocês?

Aspecto energéticos:

1- Afasta energias pesadas da casa
2- Atrai felicidade e harmonia
3- Alivia stress
4- Aumenta a auto estima 
5- Acelera poder de raciocínio
6- Atrai prosperidade e pode ser usado no Guá da Prosperidade
7- Ligado ao chacra da 3º visão e Plexo solar
8- Banhos de Alecrim: [receita abaixo]
      – estimula a circulação
      – energiza o corpo
      – oferece proteção e ainda atrai boas vibrações

Aspectos físicos:

1- Usado em trato do sistema nervoso
2- Usado em trato do sistema digestivo
3- Poder antioxidante 
4- Anti-flamatório natural
5- Antibiótico natural
6- Melhora circulação
7- Diurético
8- Fragrâncias usadas em perfumes e produtos para crescimento de cabelo

Esta planta trabalha tem o poder de trabalhar em simultâneo com o nosso corpo físico como o nosso corpo espiritual. A sua bela fragrância usada em óleo essencial é comumente utilizada em terapias complementares.

Banho de Alecrim:

1 punhado de alecrim
2 colheres de sal rosa (ou sal normal)

Estes dois ingredientes fazem o banho básico de Alecrim, que nos irá remover do corpxito toda aquela densidade que podemos trazer dos diferentes ambientes onde andamos. 
Caso queiram fazer banho de banheira: ferver 2L de água com o alecrim e o sal e colocar dentro da banheira e desfrutar enquanto mentalizamos que estamos a ser limpos e que a nossa energia fica no estado neutro. Eu cá gosto de ritualizar, por isso, adiciono umas velinhas em redor da banheira e levo o cristal que mais me chamar no momento. Aproveito e medito sobre o que já não ressoa na minha vida e deixo ir na limpeza.
Caso queiram fazer banho de duche: ferver 2L de água com o alecrim e o sal e deixar arrefecer. Tomar banho normal e no final despejar esses 2L do pescoço para baixo imaginando tudo o que não ressoa em nós a ir pelo ralo.

 

[Há que chamar a atenção que é desaconselhado a ingestão de chá de Alecrim por gestantes e crianças com menos de 6 anos. Aconselhem-se sempre com o vosso médico ou terapeuta, tudo depende do corpo de cada um e da energia que cada um possuí no momento. Nada é regra para ninguém.]

Se quiserem descobrir onde se encontra cada Guá na vossa casa entrem em contacto para fazermos essa análise. 🙂

Divirtam-se e beijocas,

Carolina Stoffel

Deixe uma resposta